SISMA-MT
ESPIA AQUI CURSOS

Sargento da PM cria biblioteca solidária para crianças de comunidade

Por Espiaaqui em 29/11/2021 às 07:52:47
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O sargento da PM, Schubert Saraiva, sonha em implantar uma biblioteca solidária na cidade - Foto: reprodução Facebook

Com geladeiras velhas e livros doados, o sargento Schubert Saraiva Rodrigues, do 28º Batalhão de Polícia Militar, encontrou uma forma de incentivar a leitura em crianças de Pinheiral, uma comunidade de Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Ele está montando uma biblioteca solidária na cidade.

O sonho surgiu há alguns anos, quando o sargento viu a postagem de um amigo, sobre uma banca de alimentos que dizia "quem tem coloca, quem precisa tira". "Achei a ideia o máximo e quis fazer sobre livros. Publiquei e comecei a receber doações", disse Schubert.

De acordo com o policial, o público-alvo do projeto será, principalmente, jovens e crianças, mas sem limite de idade. "Tem muito adulto que gostaria de ler mais, mas não tem acesso", acrescentou.

Estruturação do projeto

Apesar de ainda estar saindo do papel, Schubert já tem todo o projeto estruturado e sabe exatamente do que precisa e, principalmente, de quem precisa para que a biblioteca aconteça logo.

Ele montará toda a estrutura física da biblioteca solidária em geladeiras inutilizadas e as deixará em local de fácil acesso e protegido do tempo, para que os livros fiquem expostos e acessíveis.

"Então a pessoa poderá levar o livro, efetuar a leitura e posteriormente devolver para que outra pessoa possa usufruir do material disponível", explica.

O oficial ainda acrescenta que esse "é um projeto que conta com a solidariedade e responsabilidade de todos, acredito que fará diferença na vida de muitas pessoas".

Para conseguir idealizar esse projeto, Schubert vem buscando apoio e contando com a participação de outros voluntários.

Doações

Schubert garante que esse será um projeto coletivo. Por isso, ele conta com a ajuda de toda a população de Pinheiral.

O policial já recebeu alguns livros e geladeiras, mas ainda precisa de ajuda para o transporte desses itens.

Ele também quer encontrar uma pessoa que possa personalizar as geladeiras sem custo. Portanto, artistas, artesãos, grafiteiros, entre outros que tenham talento com a pintura, são bem-vindos ao projeto. "Nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos", completa.

Para quem quiser e puder colaborar com o projeto da Biblioteca Solidária pode entrar em contato com Schubert pela página dele no Facebook. Também há pontos de coleta de livros, tinta e material para pintura das geladeiras em Pinheiral, nas lojas Isadora Calçados e Flor de Lis.

Informações sobre a biblioteca solidária - Foto: reprodução Facebook
Informações sobre a biblioteca solidária – Foto: reprodução Facebook

Fonte: sonoticiaboa

Comunicar erro
UNIFLOR

Comentários

HBL
Link112