SISMA-MT
ESPIA AQUI CURSOS

Vendas no comércio crescem mais de 5,6% em MT

Por Espiaaqui em 15/09/2021 às 15:53:03

Mato Grosso foi um dos 19 estados que contribuíram para o quarto aumento consecutivo de vendas no comércio varejista nacional, segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC). De acordo com o Instituto de Pesquisa e Análise da Fecomércio Mato Grosso (IPF-MT), o estado obteve alta de 5,6% em julho sobre o mês anterior, maior que a média nacional, de 1,2%. O IBGE afirma que a pesquisa atingiu o patamar recorde da série histórica, iniciada em 2000.

Para o diretor de pesquisa do IPF-MT, Maurício Munhoz, os números continuam a apontar para uma recuperação da economia. “Ainda circula bastante dinheiro no comércio brasileiro, embora alguns setores estejam registrando queda de receita”, explicou Maurício, destacando a retração mensal de 5,2% e de 22,9% no ano para os artigos de livros, jornais, revistas e papelaria.

A PMC acumula alta de 6,6% no ano (janeiro e julho) puxada pelos segmentos de tecidos, vestuário e calçados, com alta de 34,2%. A pesquisa revela, ainda, que a receita das vendas no setor apresentou aumento de 2,2% no mês. Já no ano, a alta foi de 18,6%. “A retomada da economia vem ocorrendo de forma gradual, conforme o avanço da vacinação contra a Covid-19 no estado e a liberação das atividades comerciais no estado e país”, enfatizou o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior.

No comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e material de construção, o volume de vendas cresceu 1,1% frente a junho de 2021 e de 11,4% no ano. Com relação à receita, o crescimento apresentado foi de 2,3% e 24,5%, respectivamente.

No comparativo com igual período do ano passado, o volume de vendas no comércio foi positivo em 20 das 27 unidades da Federação, onde o estado de Mato Grosso apresentou o quarto melhor desempenho, com alta de 14,9%, contra os 5.7% da média nacional.

O Sistema S do Comércio, composto pela Fecomércio, Sesc, Senac e IPF em Mato Grosso, é presidido por José Wenceslau de Souza Júnior. A...

Fonte: folhamax

Comunicar erro
UNIFLOR

Comentários

HBL
Link112