SISMA-MT
ESPIA AQUI CURSOS

Após mais de 50 anos, procurador deixa o MPMT

Por Espiaaqui em 16/09/2021 às 15:57:52

Os 75 anos, comemorados nesta quinta-feira (16), anunciam a chegada de um novo ciclo. Entre os amigos e colegas que ficam, um misto de alegria e tristeza. Alegria, porque Mauro Delfino César, procurador de Justiça em Mato Grosso, cumpriu a sua missão no âmbito profissional. E tristeza, porque sua ausência deixará saudades. O ato da sua aposentadoria foi divulgado no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Estado de Mato Grosso com efeitos a partir de 16/09.

O procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira, ressalta que Mauro Delfino dedicou mais de 50 anos da sua vida ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso, primeiro como servidor e depois como membro da instituição. “Ao mesmo tempo em que ficamos felizes, sentimos falta e tristeza por sua aposentadoria. Todos esses anos dedicados à instituição simbolizam o amor que ele tem pelo Ministério Público e pela sua carreira”.

Dedicação que não se restringiu a Mauro Delfino. Sua esposa Genoveva, segundo José Antônio Borges Pereira, sempre foi presente. “Também não posso deixar de registrar e falar da Genoveva, que é esposa do Mauro Delfino, que sempre participou e ajudou muito a Associação do Ministério Público na coordenação social e cultural das nossas comemorações, a exemplo da festa de São João. O procurador de Justiça Mauro Delfino e Genoveva sempre foram uma referência para nós dentro do Ministério Público e sua família muito participativa”, reconheceu o procurador-geral de Justiça.

“Mauro vive o Ministério Público, está sempre conosco, não falta ao trabalho. Ele vem alegre, feliz para cá, trata todos com educação com sua voz amiga e leve. Uma pessoa pronta a ouvir, a atender, a dar atenção a todos. Um amigo que deixará saudades. Por outro lado, ele cumpriu a sua trajetória no MP. Foi conselheiro, ouvidor, subprocurador e procurador-geral de Justiça durante o último processo eleitoral. Em todos os cargos por onde passou não deixou inimigos, não deixou...

Fonte: folhamax

Comunicar erro
UNIFLOR

Comentários

HBL
Link112