SISMA-MT
ESPIA AQUI CURSOS

Lula vence todas as simulações de segundo turno, afirma pesquisa Exame/Ideia

Por Espiaaqui em 20/05/2022 às 08:48:26

Bolsonaro mantém a vantagem em relação a Lula, registrada na pesquisa de abril, nas regiões Norte (50% X 24%), Centro-Oeste (43% X 28%), e no Sul (40% X 34%). O petista tem a preferência dos eleitores nos maiores colégios eleitorais do país: Sudeste (37% a 33%), e no Nordeste (58% a 19%).

Por renda, o atual presidente venceria entre os mais ricos. Nas classes A e B, Bolsonaro aparece com 41% das intenções de voto, contra 34% de Lula. Nas classes D e E, o petista tem 45%, contra 24% do atual ocupante do Palácio do Planalto.

Terceira via com 15% das intenções de voto

A terceira via como um todo enfrenta uma situação complicada a cinco meses das eleições. Na simulação de primeiro turno estimulada, todos os pré-candidatos somados pontuam 15%. Lula e Bolsonaro juntos têm 73% das intenções de voto, o que indica que o segundo turno deve ser entre os dois. Em uma pesquisa espontânea, sem os nomes apresentados previamente, a terceira via chega a 8%.

“Enquanto a política discute qual o melhor nome para concorrer no espaço chamado de terceira via, para a opinião pública essa demanda, por enquanto, deixou de existir. Na soma da intenção de voto espontânea, todos esses candidatos juntos não chegam a dois dígitos”, opina Cila Schulman.

Nesta semana, depois do União Brasil pular fora, MDB, PSDB e Cidadania indicaram, de forma ainda não definitiva, que a senadora Simone Tebet (MDB) será a cabeça de chapa dos três partidos, representando a terceira via. A decisão só sai no dia 24 de maio, quando a Executiva das três legendas deve aprovar o nome dela.

Caso isso aconteça, o ex-governador de São Paulo, João Doria, fica ainda mais isolado, dentro do seu partido, e também fora dele. Doria já ameaçou recorrer à Justiça para que as prévias do partido, realizadas no fim do ano passado, sejam respeitadas e que ele seja o candidato tucano. Aliados do ex-governador disseram, nesta semana, que não vão aceitar a indicação de Tebet.

Nos bastidores, a questão apontada pelos presidentes dos partidos de terceira via para a escolha de Tebet é a taxa de rejeição. A pesquisa EXAME/IDEIA perguntou a opinião dos eleitores sobre quais candidatos eles não votariam de jeito nenhum. Doria tem 28% de rejeição, enquanto a senadora por Mato Grosso do Sul aparece com 8%. O pré-candidato com maior rejeição é Bolsonaro (43%), seguido de Lula (40%).


Com informações Gilson Garret Jr, do portal Exame

Fonte: redebrasilatual

Comunicar erro
UNIFLOR

Comentários

HBL
Link112